Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

domingo, 11 de novembro de 2012

Marketing de filme evangélico usa apelo da 'salvação' para atrair fiéis

Cartaz do filme "Três Histórias, um destino"
Propaganda pede que fiel leve
dois não cristãos ao cinema
O marketing do filme evangélico "Três Histórias, Um Destino" tem conseguido um resultado surpreendente de bilheteira, porque, na avaliação de críticos, trata-se de uma produção ruim.

A explicação é que o marketing tem passado a ideia de que ir ao cinema, nesse caso, é uma missão evangelizadora, pedindo que cada fiel leve ao cinema pelo menos dois não cristãos [leia-se não evangélicos], de modo a divulgar “a mensagem de salvação”. Tem sido divulgado o apelo de que "1 + 2 = 150 mil vidas".

Em três dias, o filme rendeu R$ 530 mil, com sessões em apenas 52 salas. A média de expectadores por sala foi de 1.070, superior à do “007 – Operação Skyfall”, que é o filme campeão de bilheteria. Em sua primeira semana de exibição, "Três Histórias, Um Destino" deve cobrir os seus custos (R$ 2 milhões).

 O filme é o primeiro longa da Graça Filmes, do grupo de empresas do missionário R.R. Soares, chefe da Igreja da Graça de Deus. O enredo teve como base um livro do missionário.

"Três Histórias, Um Destino" foi rodado nos Estados Unidos com atores de lá, para facilitar a sua venda ao mercado americana. As cópias distribuídas aos cinemas brasileiros são dubladas. O crítico Rodrigo Salem, da Folha de S.Paulo, notou não haver no elenco um único ator negro.

R.R. Soares afirmou que os exibidores não queriam o filme por acreditar que seria um fracasso. “Agora, já começaram a telefonar pedindo para ter o longa."  Ygor Siqueira, diretor da Graça Filmes, disse não ser verdade a percepção de que “cristão não vai ao cinema”.

O filme apresenta três histórias de redenção, de um pastor ganancioso, de um casal vítima de uma tragédia e de um menino delinquente que nasceu em uma favela.

O crítico Salem escreveu a que a dublagem é grosseira e o filme é amador e “descaradamente catequizador”.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...