Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

......................................................................................

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Hitler enaltece Deus em oito passagens do 'Mein Kampf'

Mein Kampf, de Adolfo Hitler
'Conduta está
 de acordo com a
vontade do Criador'
Há quem diga que Hitler era ateu, argumentando que só um descrente poderia ter feito o que ele fez.

Acusação gratuita, de quem só quer provocar?

Talvez nem tanto, porque em 2010, ao visitar a Grã-Bretanha (país que está na vanguarda da secularização), o próprio papa Bento 16 associou o “extremismo ateu” à “tirania nazista que pretendia erradicar Deus da sociedade”.

A Associação Britânica Humanista respondeu que atrelar ateísmo ao nazismo é “uma terrível difamação”. O cientista Richard Dawkins afirmou algo no mesmo sentido, ressaltando que Hilter, para todos os efeitos, era católico, porque nunca renunciou ao batismo, além de se referir a Deus em várias passagens em seu livro Mein Kampf.

De fato, no famoso livro de Hitler há várias referências ao divino. Seguem oito delas, na expectativa (talvez em vão) de que, nesse caso, a verdade histórica seja um pouco mais respeitada.

1. Conduta de acordo com o Criador

"Acredito hoje que minha conduta está de acordo com a vontade do Criador Todo Poderoso." (vol. 1, capítulo 2)

2. Agradecimento de joelhos

"Até hoje não tenho vergonha de dizer que, dominado pelo entusiasmo de tempestade e com um coração transbordante, caí de joelhos e agradeci aos céus pela concessão e boa fortuna de viver neste momento." (vol. 1, capítulo 5)

3. Testemunha no Tribunal Divino

"Eu tinha tantas vezes cantado Deutschland über alles (“Alemanha acima de tudo”, em tradução literal) e gritado "Heil” com a total força dos meus pulmões, que me pareceu um ato tardio de agradecimento por me ser permitido servir como testemunha no Tribunal Divino do Juiz Eterno e proclamar a sinceridade dessa convicção." (vol. 1, capítulo 5)

4. Graça do Senhor sorriu

"Mais uma vez as canções da pátria rugiram para os céus ao longo das colunas de marcha sem fim, e, pela última vez, a graça do Senhor sorriu para os seus filhos ingratos. (vol. 1, capítulo 7, em uma reflexão sobre a I Guerra Mundial)

5. Missão do Criador

"Temos de lutar pela existência e o proliferação de nossa raça, das pessoas, pela subsistência de seus filhos e manutenção de nossas ações contra a mistura racial, pela liberdade e independência da pátria, para que nosso povo possa ser estimulado a cumprir a missão que lhe foi atribuída pelo Criador." (vol. 1, capítulo 8)

6. Pecado contra a vontade de Deus

"Em suma, os resultados da miscigenação são sempre os seguintes: (a) O nível da raça superior torna-se reduzida, (b) conjuntos de degeneração física e mental [...]. O ato de tal desenvolvimento é um pecado contra a vontade do Criador Eterno. E, como um pecado, esse ato será vingado." (vol. 1 Capítulo 11)

7. Sacrilégio contra Deus

"Quem se atreve a colocar as mãos sobre a maior imagem do Senhor comete um sacrilégio contra o benevolente Criador e contribui para [sua] a expulsão do paraíso." (vol. 2, capítulo 1)

8. Ouro e Deus

"[...] ouro se tornou hoje o governante exclusivo da vida, mas o tempo virá quando o homem voltará a se curvar diante de Deus." (vol. 2, capítulo 2)





Com informação do About.com.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...