Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Evangélicos e católicos se aliam contra gays e feministas

A aproximação ocorre principalmente
entre pentecostais e carismáticos 
No domingo (26), houve em Brusque (SC) uma Parada da Família que uniu evangélicos e católicos, como parte da Comemoração da Família, com o apoio das autoridades da cidade. No mesmo dia, padres e pastores promoveram a Celebração pela Família.

Um folder distribuído à população deixa claro o que, no caso, significa "família": “uma estrutura orgânica que se assenta na relação homem e mulher [...]”.

Evangélicos e católicos — principalmente os pentecostais e carismáticos — têm superado as diferenças dogmáticas entre si (idolatria, veneração à Virgem Maria, etc.), para se unirem em eventos como este de Brusque.

Trata-se de uma somatória de forças contra a reivindicação dos gays pelo reconhecimento civil do casamento entre eles e contra o movimento de mulheres que defende a legalização do aborto.

Esta parceira vem sendo alinhavada já há algum tempo, desde a campanha presidencial de 2010, e tende a prosperar, de acordo com o que indicam manifestações de líderes católicos e evangélicos.

Exemplos: no começo do ano, o padre Marcelo Rossi, a estrela do movimento carismático, afirmou que, se necessário, se unirá aos evangélicos para combater a ministra Eleonora Menicucci (Políticas para as Mulheres), que é defensora da legalização do aborto. Antes, em 2011, o pastor Silas Malafaia, em seu programa na TV, se indignou com a Parada Gay de São Paulo daquele ano por ter, segundo ele, zombado de símbolos católicos.

No ano passado, o Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política mudou o seu nome para Fórum Cristão, de modo a abarcar também as lideranças católicas.

Recentemente o padre ultraconservador Paulo Ricardo de Azevedo Jr. se esmerou em elogios à Frente Parlamentar Evangélica por defender com empenho os “valores cristãos”. Na semana passada, Marisa Lobo, a psicóloga cristã, recorreu a um discurso parecido para enaltecer a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos Brasileiros).

Nesta quarta-feira (29), a pesquisadora Maria das Dores Campos Machado, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, dará uma palestra em Campinas (SP) que capta essa parceria que até há pouco tempo parecia difícil.

Título da palestra: “Pentecostais e carismáticos: de concorrentes a aliados”.

Padre de extrema direita elogia Frente Parlamentar Evangélica.
agosto de 2012

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...