Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

quarta-feira, 27 de junho de 2012

CFP acusa deputados pró-'cura' gay de promoverem um 'falso debate'

O CFP (Conselho Federal de Psicologia) emitiu hoje (27) nota de repúdio à manobra de deputados evangélicos para que trechos da Resolução CFP 1/1999 sejam alterados, de modo que a entidade não possa impedir que os psicólogos tratem a homossexualidade como transtorno. Se isso ocorrer, profissionais influenciados pela religião poderão mais livremente atuar na "cura" de gay.

Amanhã haverá audiência pública sobre o PDL (Projeto de Decreto Legislativo) 234/2011, para a alteração dessa resolução. A manobra consiste em obter de antemão um resultado favorável ao ponto de vista dos evangélicos, porque, segundo o CFP, quatro dos cincos convidados para o debate indicam ser pela modificação da resolução.

Além disso, no entendimento do CFP, esses convidados não representam “instituições de conhecimento que possam garantir a pluralidade ao debate”

O PDL é de autoria do deputado João Campos, do PSDB-GO e líder da bancada evangélica. A audiência foi requerida pelos deputados Marco Feliciano (PSC-SP) e Roberto de Lucena (PV-SP). Ambos são pastores.

A nota do Conselho de Psicologia estranha que não tenham sido convidados para o debate representantes do Ministério Público e do CNCD/LGBT (Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais).

“Também não foram convidados segmentos do movimento social ou representações da sociedade civil organizada, que expressam a defesa dos direitos das pessoas LGBT.”

Por isso, para o CFP, trata-se de um “falso debate”, de cunho unilateral. “É preocupante que um Projeto de Decreto Legislativo esteja sendo utilizado para atender interesses personalísticos ao invés de estar a serviço do bem comum.”

O Conselho advertiu que, caso sejam sustadas algumas de suas determinações da Resolução de 1999, recorrerá à Justiça porque entende que se trata de medida inconstitucional, “já que o PDC exorbita flagrantemente a função do Congresso”.

Com informação da nota do CFP.

Deputado evangélico quer suspender veto à ‘cura’ de gay.
julho de 2011

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...