Nova lei inclui no calendário oficial Aniversário do Buda

A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei 12.623 que introduz no calendário oficial brasileiro o Dia do Aniversário do Buda Shakyamuni. No Japão a data é comemorada no dia 8 de abril, mas no Brasil será no segundo domingo de maio (amanhã), juntamente com o Dia das Mães.

O artigo 3º da lei diz: “O Poder Executivo poderá, nos termos da lei, apoiar eventos ligados à comemoração da data ora criada, inclusive autorizando o uso de espaço público, visando à preservação da tradição religiosa e dos valores culturais.”

A lei foi proposta pelo deputado federal budista William Woo (PPS-SP). Ele já tinha conseguido  incluir a data no calendário oficial de São Paulo quando foi deputado estadual.

O Brasil tem cerca de 200 mil budistas, de acordo com o IBGE.





Fonte: Diário Oficial da União.

Comentários

  1. Como budista, me parece irrelevante que se comemore ou não a data do nascimento do Buda. Pode significar um passo mais rumo à democracia religiosa, já que temos tantos feriados e datas comemorativas cristãs. E como a data cairá no dia das mães, num domingo, e não será feriado, ninguém vai ter que parar para comemorar algo que só tem importância para uns 200 mil budistas e quem sabe para alguns poucos milhões de simpatizantes e curiosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manda esta Dilma pra p...q..p..vai fazer o Brasil andar, este tal de buda nem é daqui.

      cuida do povo brasileiro desgraça.

      PUNK NOT DEAD

      Excluir
    2. "cuida do povo brasileiro"

      um "punk" pedindo um Estado paternalista...

      uau.

      Excluir
    3. "Um 'punk' pedindo um estado paternalista."
      Alguém me diga que ainda estou dormindo pq é surreal demais pra ser verdade! Se Buda é um simples pensante reflexivo indiano, e por isso não deve ser considerado, entaõ o Jesus, ou simplesmente Yehoshua bem Youseph tb não é daqui, mas sim da Palestina ocupada pelos romanos no séc I, e ainda assim não se tem certeza absoluta. Portanto surrealismo é pouco pro que to vendo! Mas agora quero ver os evanjegues falarem merda já uqe não é protegendo as leseiras deles!

      Excluir
    4. Também não são daqui: Maomé, Shiva, Moisés, Mitra, Zeus...

      Não há livro sagrado no mundo com a palavra "Brasil" ou a expressão "Povo Brasileiro" ou referência semelhante.

      Não há profecia sagrada alguma sobre nosso país ou nosso povo.

      Até em termos de religião, somos colonizados.

      Excluir
    5. Segundo o "punk", deve haver apenas uma data comemorativa para Tupã, o único que é realmente daqui.

      Excluir
    6. Anonimo tolo, "Esse buda nem eh daqui".
      Antes um buda que nao fica mendigando almas do que
      um Jesus do oriente medio.
      falam assim como se o cristianismo tivesse sido fundado no Brasil.

      Excluir
    7. Anonimo tolo, "Esse buda nem eh daqui".
      Antes um buda que nao fica mendigando almas do que
      um Jesus do oriente medio.
      falam assim como se o cristianismo tivesse sido fundado no Brasil.

      Excluir
    8. Punk brasileiro é uma merda mesmo

      Excluir
  2. Já já vem evangelicos dando chilique.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que eles colocaram no domingo justamente para evitar confusões, porque um monte de cristão fdp falaria merda por ter feriado de outra religião na semana.

      Excluir
  3. Democracia religiosa era não ter feriado nacional de religião nenhuma, pois o Brasil é um ESTADO LAICO. E essa papagaiada aí é mais uma inutilidade.

    ResponderExcluir
  4. Feriado religioso até ateu comemora. hehe

    Mais acho que mais justo seria dia 8 de abril!

    ResponderExcluir
  5. Eu Gostei todo feriado Religioso deve ser respeitado seja de religião maioritária ou menoritária.

    ResponderExcluir
  6. Faltou que criace o dia do Ateu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já temos muitos feriados,basta!

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. O 1º comemtario já tem crentino Dando chilique, deve ter aprendido a ser Barraqueiro com o MalaRasgado.

    ResponderExcluir
  9. kkk Um feriado dia de domingo não é feriado kkkkk

    ResponderExcluir
  10. Há tantas comemorações inúteis, que mais uma não fará diferença. Não tenho nada contra judeus, católicos, budistas ou qualquer pessoa que exerça sua religião, cada um é cada um e vive como acha melhor, mas essa falta do que fazer, querer a todo custo gritar a quatro cantos que tem uma fé... como se isso moldasse caráter, é um saco!! A um tempo atrás queriam mudar o nome de uma novela por que tinha nome de santo "católico" e os protestantes disseram que não iriam assistir se o autor não mudasse o titulo.
    Vá procurar o que fazer!!!

    ResponderExcluir
  11. Gloria a Buda (mesmo que o budismo original não tenha nenhuma divindade.)

    ResponderExcluir
  12. Alguem atentou para o seguinte detalhe ?

    "O artigo 3º da lei diz: “O Poder Executivo poderá, nos termos da lei, apoiar eventos ligados à comemoração da data ora criada, inclusive autorizando o uso de espaço público, visando à preservação da tradição religiosa e dos valores culturais.”"

    E o estado laico foi pra casa do carvalho !!!! E o pior, por orientação da própria presidente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe uma linha tênue entre o princípio da laicidade e da garantia e do respeito À pluralidade de crenças.

      Como nenhuma norma constitucional é absoluta, existe sim a possibilidade do Estado, quando pautado no interesse público, fazer este tipo de concessão.

      O problema é que os religiosos "sempre querem mais que a mão". Acabam distorcendo as normas para favorecerem sua fé com recursos e iniciativas do Estado.

      Excluir
    2. Rapaz, espaços públicos podem ser praças ou parques.
      Aqui em São Paulo é feito todo ano uma comemoração simples na Praça da Liberdade onde se monta um altar representativo e os monges e quem quiser pode participar das práticas. Simples assim.

      Excluir
    3. Mesmo sendo um feriado que cai todo o domingo, o que é meio ridículo, o estado não deveria ser chamado a auxiliar em um evento religioso do qual apenas os budistas se beneficiem.

      Isso joga abaixo o estado laico.

      Excluir
    4. Sou ateu e não creio que essa lei desrespeite o Estado laico. O budismo é algo mais cultural, mais filosófico do que religioso. Ademais, há dia de tudo no Brasil: da mãe, do pai, da sogra, do médico, do advogado, etc.

      Qualquer um pode usar o espaço público, mas, para isso, é necessário pedir autorização. O que a lei está dizendo é que o Executivo poderá autorizar esse uso.

      Excluir
  13. mt bom , mas nao é por ser um feriado e sim.pelo reconhecimento de um grande ser humano q foi

    ResponderExcluir
  14. mt bom , mas nao é por ser um feriado e sim.pelo reconhecimento de um grande ser humano q foi

    ResponderExcluir
  15. Eu acho que religiosos tinha que comemorar suas datas dentro de suas igrejas e templos junto com seus pares é isto que eu penso.

    ResponderExcluir
  16. Porra, para de reclamar!
    Mais um dia pra descansar!

    Sou ateu e apóio os feriados religiosos rsrsrs. Dá pra ir pra praia ou dormir mais.

    ResponderExcluir
  17. No domingo que diferença faz?
    Se o povo budista daqui acha bom que seja.
    Se o estado for laico mesmo que todas as religiões tenham o mesmo direito de comemorar para seus deuses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há pessoas que trabalham no domingo.

      Excluir
    2. >< sorte dessas pessoas ><
      Será que boa parte já tem conhecimento desse feriado pelo menos?

      Excluir
  18. o melhor feriado religioso é primeiro de abril XD KKKKK

    ResponderExcluir
  19. _Não vejo razão alguma para a inclusão de tal feriado no calendário brasileiro, a não ser, é claro, para prolongar os dias de preguiça que diga-se de passagem, é o que não falta por aqui.
    _Mas existem budistas no Brasil, alguém diria! Ao que me consta, o calendário cristão não é respeitado naquela terra... não me parece nada coerente e nada oportuno!
    _Mais uma demonstração da mais vil aplicação de regras, normas ou leis, em prol de certos interesses!
    _Todos devem se lembrar da campanha da presidente onde ela aparece nas diversas mídias, ao lado de...., bem, não eram budistas! É tudo um sórdido jogo de interesses: aparências! É disso que muitas pessoas se valem!
    _O Brasil já tem estátuas a valer: deus disso, deus daquilo; se não faz o que você quer, o pendura de cabeça para baixo e por aí vai...
    _Esse é mais um, que não faz a menor diferença!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sua crença é sempre mais verdadeira que dos outros, né?

      Excluir
    2. Salamandra,

      Aqui é um estado laico. Se pode haver dia de Santo Antônio, São João, São Pedro, Nossa Senhora Aparecida, dias que celebram nascimento, morte e ressurreição de JC, e demais datas comemorativas e feriados que celebram personalidades cristãs, a Pessach, Ramadã,etc, pq não haver um dia que celebre o nascimento de Buda?

      Será que é só a sua religião que merece esse direito constitucional e o resto das religiões que se danem?

      Excluir
    3. Salamandra

      Se não faz a menor diferença pra vc, pq vc se incomoda tanto com a celebração de uma personalidade como Buda que vc nem sequer segue? Vai tentar entender como sua mente confusa funciona! Vc se sente ofendida por coisas que vc diz que não te incomodam ou que não fazem a menor diferença na sua vida. Se isso fosse verdade, vc estaria cagando e andando pra celebrações de outras religiões como o Pessach, o Ramadã, celebrações de religiões afro-brasileiras, celebrações budistas, wiccanas, etc.

      Deixa os budistas celebrarem o nascimento de Buda pra lá, caramba! Em quê os budistas e a crença deles em Buda te incomoda tanto? Será pq eles não são cristãos como vc?

      E o que o calendário usado em países que tem o budismo tem a ver com o assunto? Aqui é Brasil e é aqui que conta...e o mundo inteiro não gira ao redor da sua religião, minha filha. Que prepotência a sua.

      Excluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um erro não justifica outro.

      Excluir
  21. Louvável iniciativa. Que outras ações sejam criadas para por em destaque grupos religiosos minoritários e que passam despercebidos pela grande mídia. Com posições elogiávéis como essa, poderemos despertar as massas para a compreenção dos fundamentos de credos que não gozam de visibilidade como o cristianismo. Havendo entendimento, evita-se o fundamentalismo.

    ResponderExcluir
  22. Legal, porém deveria ser no meio da semana [sou preguiçoso mesmo]. Isso é bom, pois irá dar destaque a grupos religiosos de pouca expressão no Brasil. Agora, bem que a nossa presidente deveria criar uma lei que comemore o dia do Baphomet... hehehehehehehehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Baphomet não existe!

      Excluir
    2. Baphomet não existe!

      Excluir
    3. >Anônimo12 de maio de 2012 22:08:

      -Seu herege maldito! Como ousa escrever tamanha heresia? Você irá pagar por essa palavras seu ímpio, Baphomet irá punir-te severamente, aguarde.

      Excluir
  23. Feriado no domingo vale tanto quanto uma moeda de 3 reais.

    ResponderExcluir
  24. Já vi crente falando "o meu Deus não é um japonês gordo sentado". AMor cristão.
    Pra mim, não existia um único feriado religioso, mas concordo que todos tem o mesmo direito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo (12 de maio de 2012 20:03)

      Buda era nepalense.

      Excluir
  25. Tem gente que confunde estado laico com estado ateu... na boa...

    Se um estado secular trata todos seus cidadãos igualmentes independentes de sua escolha religiosa e não deve dar preferência a indivíduos de certa religião, então por que existe dias e feriados cristãos AOS MONTES, e não podem ter dias para outras religiões que não cristãs? Esse dia do niver de buda sequer é um feriado, ou seja não vai afetar em nada na vida dos outros.

    ResponderExcluir
  26. Acho o Buda mil vezes melhor que Jesus e Maomé. Pelo menos ele não pregou a violência "com muito amor no coração".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Luan

      Excluir
    2. Eu discordo!!
      Eu acho que o Tio Patinhas é mais amoroso...

      Excluir
  27. Já é um trabalhão tentar eliminar os feriados religiosos católicos, aí vem uma lei e insere um feriado Budista. Eu, que pratico o Budismo, sou contrário a essa lei, ela devia trocar "budismo" por "qualquer religião", trocar "segundo domingo" por "qualquer data de sua religião" e trocar o inciso 3º, para que TODAS AS RELIGIÕES e FORMAS DE PENSAMENTO fossem contemplados e respeitados, sem prejuízo ao praticante.

    ResponderExcluir
  28. Parabens a Presidenta Dilma, mostrando sua imparcialidade.
    jorge meres dib

    ResponderExcluir

Postar um comentário