Robinho e Neymar se negam a ver crianças de lar espírita

Robinho
Robinho preferiu
 ficar duas horas
dentro do ônibus
Robinho (foto) e outras estrelas do Santos, como Neymar, André,  Fábio Costa e Paulo Ganso, se recusaram a participar da entrega de ovos de Páscoa a 34 crianças portadoras de paralisia cerebral grave porque elas são tratadas por uma entidade espírita, o Lar Mensageiros da Luz.

O time fez uma visita de solidariedade ao Lar na quinta (1), no bairro da Encruzilhada, em Santos. Somente 11 jogadores, como Felipe, Edu Dracena, Wesly e Maikon Leite, brincaram com as crianças.

Robinho foi um dos jogadores católicos e evangélicos que ficaram duas horas no ônibus. De dentro da entidade se escutava a batucada que faziam. Dirigentes do Santos ficaram constrangidos.

O jogador disse, depois, que só ficou sabendo no local que se tratava de uma instituição espírita. Ou seja, se tivesse sido informado antes, não iria.

“Cada jogador tomou a atitude que achou conveniente, e eu acho que a religião de cada um precisa ser respeitada”, disse.

A imprensa criticou Robinho, que liderou os jogadores que não saíram do ônibus, por ter dado exemplo da falta de tolerância religiosa, além do desprezo às crianças. O treinador Dorival Júnior disse a eles que lamentava o episódio.

E foi só então que Robinho, Neymar e Paulo Ganso, entre outros, pediram desculpas pela imprensa.

“Tudo foi um grande mal entendido e não houve nenhum tipo de preconceito”, disse Robinho.

“Nós erramos, mas vamos corrigir, e estou pedindo desculpas”, disse o evangélico Neymar, que foi orientado pelos seus país a admitir publicamente o erro.

“Nós pedimos perdão pela falha e vamos voltar lá”, disse Paulo Ganso.

Robinho, apesar de pedir desculpas, disse não estar arrependido.

A VOLTA - atualização em 12 de abril de 2010

Sem avisar a imprensa, Robinho, Neymar, Paulo Henrique Ganso e Roberto Brum visitaram nesta segunda-feira as crianças do Lar Mensageiros da Luz. O primeiro a chegar foi Robinho. Ele doou à entidade, para ser leiloada, a camiseta de seu jogo 200. Brum levou miniaturas de baleias --  mascotes do Santos -- para as crianças.

O FORA DO ROBINHO


Com informações da Tribuna, de Santos.






Robinho é acusado de estuprar uma estudante inglesa
janeiro de 2009