Estudante de enfermagem expõe fotos de cadáver no Orkut

cadaver_orkut

Uma estudante de enfermagem da Uneb (Universidade do Estado da Bahia) publicou no Orkut fotos de um cadáver de uma mulher que foi exposto em uma aula de anatomia.

Ela foi criticada por integrantes da comunidade ‘Enfermagem UEFS’ (Universidade de Feiras de Santana), cujo laboratório é usado pelos estudantes da Uneb.

As fotos teriam sido feitas por uma câmera de um celular. Descobertas no começo do mês, elas já foram deletadas.

A direção da Uneb confirmou ao portal G1 que a autora das fotos é uma aluna da universidade.

A universidade abriu um processo para decidir que medida disciplinar tomará em relação à estudante.

A Uneb mantém o nome da estudante sob sigilo, mas no Orkut ela é citada como Bia Soares.

Na comunidade ‘Enfermagem UEFS’, o tópico Isto é ou não é uma falta de respeito???" (reprodução acima) tem até este momento 505 comentários (mas nem todos são sobre a exposição do cadáver).

A maioria manifesta indignação, mas há quem lamente não ter visto as fotos. “Cadê os prints dos defuntos?”, pergunta um anônimo.

Na página de recados da Bia, há pedidos de envio por e-mail das fotos.

Uma estudante de medicina escreveu que não sabia que era falta de ética publicar fotos de ‘difuntos’ (sic) e admitiu que ela própria já chegou a expor cadáveres na internet. “Não vejo nada demais.”

Muita gente está levando o episódio na brincadeira, mas cabe a pergunta: estudantes que não têm noção de ética nem respeito por cadáveres poderão ser um dia bons médicos ou enfermeiros?

> Orkut tem viciados em profiles de gente morta.

> Comunidade do Orkut faz humor negro com o assassinato de Isabella.

> Tecnologia do outro mundo.

Comentários

  1. deixa ela ta novinha ainda depois morre e fica tudo ai, deixa ela gozar da vida um pouco

    ResponderExcluir
  2. ...SEM DÚVIDAS A IMATURIDADE DA ESTUDANTE EXPOS ELA A ESTA SITUAÇÃO RIDÍCULA, PORÉM COM ESTE "DESLIZE", ELA PODE VALORIZAR MAIS SUA INTEGRIDADE, E DE AGORA, MANTER SEU SENSO ÉTICO MAIS VIVO, POIS 1 DIA ESTE CADÁVER ESTEVE NO MESMO LUGAR DELA DENTRO DE 1 SOCIEDADE HUMANA.

    ResponderExcluir
  3. Evidentemente falta senso crítico respeito aos seres humanos nesse tipo de profisional, e falta bioética que é o tema do momento pra quem lida com a vida. Realmente a humanindade caminha sem norteios a falta de respeito pelos seres, isso nos leva a desconfiar da maioria dos médicos.

    ResponderExcluir
  4. Nossa que ridiculo!!
    Vamos deixar o corpo dela pra faculdade estuda!!
    Pra essa louca ser fotografada e ridicularizada assim como ela fez com o outro!! :/
    Literalmente louca.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Sem sobra de duvidas uma falta de respeito, porém a instituição deve anunciar que é fala de ética divulgar esse tipo de material em fotos, pois ainda existem os "sem noção" em vários cursos por ai.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. pra que mais corpos se ver nos telejonais ao vivo!!! é muita hipocrisia mesmo.

    ResponderExcluir
  9. Na PGM tem uma auxiliar de IML que trabalha no RJ não sei ao certo que lugar é que expoe as fotos também, esta comunidade esta denunciando ela, quem tiver estômago para ver, veja, se alguém conhecer algum destes cadáveres, denuncie a auxiliar de iml, ela tem um blog onde expõe estas fotos, a comunidade é derivada da PGM, ela foi recentemente expulsa da PGM mas mantem o blog e posta na LAVANDERIA PGM - Não tenho o endereço do blog:

    Esta comunidade aqui esta denunciando, cuidado, imagens fortes!!!

    http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=121159365&tid=5710957760071125602&na=2&npn=3&nid=

    ResponderExcluir
  10. isso e uma falta de respeito, eles tb foram humanos como nos tb sou estudante de enfermagem e repeito os cadaveres

    ResponderExcluir

Postar um comentário